Formatos e conversão de arquivos

Para conversão de arquivos de áudio veja SoundKonverter


Existem diversos formatos de arquivos para áudio e vídeo, e é sempre bom conhecer as características de cada um. além de sempre ser necessário converter arquivos de um formato para outro. Ou seja, decodificar o arquivo - veja Wikipédia - Codec.

Existem também muitas maneiras de converter arquivos de um formato para outro, dependendo do formato dos softwares que você utilizar para realizar a conversão. Abaixo seguem algumas informações básicas para solucionar esse tipo de necessidade.







Formatos de arquivos

OGG Vorbis

Popularmente conhecido como Ogg, o Ogg Vorbis é um formato de compressão de áudio de código aberto, disponibilizado sob a licença do BSD, que permite seu uso mesmo em programas comerciais, livre do pagamento de royalties. Os arquivos de áudio no formato Ogg, cuja extensão é .ogg, costumam ser um pouco menores e com qualidade igual ou superior aos arquivos em Mp3.

Assim como o Mp3, o Ogg também trabalha com o esquema de tags (tagging), que permite a inserção de informações adicionais ao arquivo de áudio, como nome do cantor ou da banda, nome do disco ao qual pertence, ano de lançamento, etc.

fontes:
  • http://www.vorbis.com/
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Ogg
  • http://www.guiadohardware.net/termos/ogg-vorbis
  • http://www.infowester.com/oggvorbis.php
  • http://www.guiadohardware.net/termos/ogg-vorbis


MP3


O Mp3, é uma abreviação de MPEG Audio Layer-3. "Layer" é o tipo de compressão utilizado na decodificação do arquivo. O Mp3 foi um dos primeiros tipos de arquivos a comprimir áudio com perda de dados de forma eficiente (cerca de 1/10 do tamanho original sem uma grande perda na qualidade).

O Mp3 é um formato de arquivo patenteado pelo grupo Fraunhofer IIS, da Alemanha. Em setembro de 1998, esse grupo anunciou que cobraria royalties (uma espécie de pagamento de licença de uso) de todas as empresas que usassem a tecnologia MP3 em hardwares e softwares, principalmente do encoder, que é responsável pela geração de arquivos no formato.

fontes:
  • http://www.iis.fraunhofer.de/
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Mp3
  • http://www.infowester.com/histomptres.php
  • http://www.guiadohardware.net/termos/mp3


WMA


Formato próprietário da Microsoft, WMA (Windows Media Audio).

Para ouvir música no formato wma em linux, tem um pacote para xmms chamado xmms-wma que habilita o formato em questão

para instalar: pegue o pacote xmma-wma no sitio http://mcmcc.bat.ru/xmms-wma/ ou diretamente por aqui xmms-wma_1.0.5-2_i386.deb, e instale com o commando dpkg -i xmms-wma_1.0.5-2_i386.deb


WAV


WAV (ou WAVE), forma curta de WAVEform audio format, é um formato de arquivo de áudio padrão da Microsoft e IBM para armazenamento de áudio em PCs. O WAV é o formato padrão utilizado para a gravação de Cd's de audio

fontes:
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/WAV


Convertendo arquivos


Como dissemos acima, existem diversos programas para converter arquivos de um formato para outro. Abaixo usaremos os softwares vorbis-tools, lame, sox, mpg123 e flac.

$ apt-get install vorbis-tools lame sox mpg123 flac wma2wav maplayer


WAV -> OGG


Converter todos os arquivos .wav, da pasta onde estiver, em .ogg.

  • Usando o oggenc. A opção "-q" indica a qualidade do arquivo gerado. O default é 3 e o máximo é 10, que significa a melhor qualidade.

$ for i in *.wav; do oggenc -q 5 "$i"; done


  • Usando o sox:

$ for i in *.wav; do sox "$i" "${i%.wav}.ogg"; done


OGG -> WAV


Converter todos os arquivos .ogg, da pasta onde estiver, em .wav.

  • Usando oggdec:

$ for i in *.ogg; do oggdec "$i"; done


  • Usando o sox:

$ for i in *.ogg; do sox "$i" "${i%.ogg}.wav"; done


MP3 -> OGG


Converter todos os arquivos .mp3, da pasta onde estiver, em .ogg.

  • Usando o sox:

$ for i in *.mp3; do sox "$i" "${i%.mp3}.ogg"; done


  • Usando mpg123 e oggenc


$ for i in `ls *mp3`; do mpg123 -w `basename $i .mp3`.wav $i;done


$ for i in `ls *wav`; do oggenc $i ; done


OGG -> MP3


Converter todos os arquivos .ogg, da pasta onde estiver, em .mp3 - não recomendável.

  • Usando oggenc e lame

$ for i in *.ogg; do oggdec "$i"; done


$ for i in *.wav; do lame -h "$i" "${i%.wav}.mp3"; done


MP3 -> WAV


Converter todos os arquivos .mp3, da pasta onde estiver, em .wav.

  • Usando o mpg123.

$for i in *.mp3; do mpg123 -w "${i%.mp3}.wav" "$i"; done


  • Usando o sox:

$ for i in *.mp3; do sox "$i" "${i%.mp3}.wav"; done


WAV -> MP3


Converter todos os arquivos .wav, da pasta onde estiver, em .mp3.

  • Usando o lame:

$ for i in *.wav; do lame -h "$i" "${i%.wav}.mp3"; done


FLAC -> WAV


Converter todos os arquivos .flac, da pasta onde estiver, em .wav.

  • Usando o flac:

$ for i in *.flac; do flac -d $i; done


WAV -> FLAC


Converter todos os arquivos .wav, da pasta onde estiver, em .flac.

  • Usando o flac:

$ for i in *.wav; do flac $i; done


WMA -> WAV


Converter todos os arquivos .wma, da pasta onde estiver, em .wav.

  • Usando o mplayer:

$ for i in *.wma; do mplayer -ao pcm -aofile "${i%.wma}.wav" "$i"; done



  • usando o wma2wav:

para instalar: pegue o pacote em http://mcmcc.bat.ru/xmms-wma/ ou diretamente pelo link wma2wav_0.1b3-2_i386.deb e
instale com o comando

dpkg -i wma2wav_0.1b3-2_i386.deb

$ wma2wav musica.wma musica.wav


para converter uma pasta com arquivo wma e converter para ogg pegue o script-wma.tar.bz2 descompacte-o
e rode o script da seguinte forma:

$ wma2wav -d -e ogg -r ./oggscr Pasta


Converter pelo navegador de arquivos (plugin do Nautilus)


Existe um plugin para o Nautilus que permite que você faça conversão entre os fortmatos WAV, OGG e MP3 diretamente pela sua interface gráfica.



Para usar, instale pelo Synaptic o pacote nautilus-script-sound-converter, ou instale pela linha de comando:

$ apt-get install nautilus-script-manager nautilus-script-sound-converter


No terminal, habilite o plugin usando:

$ nautilus-script-manager enable ConvertAudioFile


Pronto, a partir de agora, quando você estiver navegando pelos seus arquivos, basta clicar com o botão direito, clicar em Scripts > ConvertAudioFile?, e escolher o tipo de arquivo que você quer gerar. Você pode fazer isso com vários arquivos ao mesmo tempo simplesmente selecionando todos que você quer e seguindo o mesmo procedimento com o botão direito.

Obs: Essa instalação foi feita em Ubuntu Dapper ou mais recente, em outras distros é possível que os pacotes necessários não estejam disponíveis nos repositórios oficiais.


ID3 tag


sobre o programa - id3 tag é uma opção de você colocar informações da música junto com o arquivo, assim quando abrir um tocador de música ele irá aparecer as informações como, nome da música, genero, ano, banda, etc.

para instalar: apt-get install id3

Abra o xmms e abra o música que você quer editar. Após abrir clique com o botão direito do mouse em cima da música e vá em "Ver a Propriedade do Arquivo". Na caixa de dialogo que irá aparecer verefique se a opções de id3 esta habilitada e preencha os campos de acordo com a respectivas informações. Depois de preencher clique em "ID3v2 to ID3v1" e clique em "Save". Para que as informações apareça no xmms é necessário recarregar o arquivo abrindo-o novamente.

ps.: id3 é para aquivos de áudio, para cd de áudio é usando a tecnologia cddb.
OBS: Note que utilizei o "for" para listar os arquivos, portanto, caso os seus arquivos tenham espaços em branco no nome, você tem que trocar o IFS para "\n" ou utilizar o "while".

Outro programa interessante para a edição de tags é o easytag (http://easytag.sourceforge.net/). Trata-se se uma ferramenta gráfica que ajuda a edição de tags de uma ou várias faixas simultaneamentes. Você, por exemplo, pode criar um padrão para armazenar suas músicas (/Artista/Album/TrackNº - Musica, por exemplo) e com o easytag selecionar as músicas que estão nesse padrão e aplicar a tags utilizando o padrão (no caso, NaVb/%n - %t).
(colocar alguma(s) screeshots do easytag).

O amaroK (famoso player para linux comparado ao iTunes da Apple), também tem algumas funções interessantes para editar as tags de músicas.



Extrair áudio de CD


Grip


http://nostatic.org/grip/

RpperX


http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=1955&pagina=3

jack


Não confundir com jack, este é um programa para extrair músicas de cd via linha de comando e também codifica para formato mp3, mas por padrã converte no formato livre ogg.

para instalar - apt-get install jack

Puxar cddb e converter para id3tag; irá extrair; converter para ogg; e apaga os arquivos wav.

$ jack -Q --remove-files





cdparanoia


sobre: Programa para ripar cd. Ripper nada mais é do que um programa que lê CDs de audio e os gravam para dentro do computador em formato digital. Alguns rippers mais antigos apenas gravam em formato Wav (Waveform Audio File), e não MP3. Neste caso você também precisará de um encoder.

Encoder é o programa que converte arquivos de um formato para outro(s). No caso dos encoders de MP3, a maioria converte arquivos do formato WAV para MP3.

para instalar - apt-get install cdparanoia

  • extrair as faixas
$ cdparanoia -B


irá extrair todas as faixas e nomeando como track01.wav, track02.wav e assim por diante. O cdparanoia não pega as informações id3 tag.

  • colocar todo os WAV na mesma frequência:
$ for i in *.wav; do sox "$i" -r 44100 "arquivo_novo_$i" ; done


Dicas



Colocar todo os WAV na mesma frequência:


$ for i in *.wav; do sox "$i" -r 44100 "arquivo_novo_$i" ; done


Ajustar o volume dos arquivos WAV usando o normalize. Antes de gravar um CD de áudio execute este comando para deixar todas as músicas com o mesmo volume:


# normalize -m *.wav


  • Com o mplayer você consegue converter de wma -> wav (que você pode
gravar diretamente como uma faixa de cd), e com o lame você consegue
converter de wav para mp3:
http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=2058

  • wma -> wav não envolve perda de qualidade, mas wav -> mp3 envolve.
Lembrndo que a primeira vez que ele foi para wma ele já perdeu
qualidade. Claro que melhor perder qualidade do que ficar sem escutar;



Last modification: 22/02/2007 at 23:01, by: criscabello